Resenha - Jogos Vorazes (a trilogia)

Uma saga envolvente, escrita por Suzanne Collins, que inclusive pode mudar sua vida pessoal. Constituído por três livros, Jogos Vorazes conta a história de uma jovem que, após tomar lugar da sua irmã no Dia da Colheita, é escolhida para participar dos Jogos Vorazes.

Essa Jovem se chama Katniss Everdeen e mora em Panem, um país constituído pela Capital e por 13 distritos, sendo que o distrito 13 foi destruído por uma bomba atômica. Graças a essa destruição, foram criados os Jogos Vorazes como forma de lembrança à população de Panem. Nesses jogos, um menino e uma menina entre 12 e 18 anos de cada distrito são escolhidos e colocados em uma arena para confrontarem um ao outro até que reste apenas uma única pessoa viva.


Katniss descobre então que talvez seja mais fácil viver em meio à miséria do distrito 12 ao invés de participar dos Jogos Vorazes, onde a escolha entre lutar e se defender sempre estará em jogo.

Opinião pessoal: Desde o início, a história me envolveu. Eu simplesmente não conseguia parar de ler e acabei em apenas dois dias o primeiro livro da saga, que tinha cerca de 400 páginas. Já que eu tinha comprado Em chamas junto com Jogos Vorazes, comecei a ler o segundo logo que acabei o primeiro, eu simplesmente não conseguia acreditar nas coisas que aconteciam. Dessa forma, me tornei fã, do tipo que necessita de tudo que se relaciona à saga para colecionar. Recomendo a cada pessoa que vejo, pois esta história me deixou carregado de diversos sentimentos e que acredito que levarei para o resto da minha vida.


Resenha por: Estevão Crippa da Veiga
Editora: Rocco
Share on Google Plus