RESENHA - TRONO DE VIDRO.




Livro: Trono de Vidro
Série: Trono de Vidro
Autor (a): Sarah J. Maas
Páginas: 388
Editora: Galera Record


Trono de Vidro é mais uma das séries eletrizantes, viciantes e no equilíbrio entre o novo e o arcaico que está sendo escrita. Sarah J. Maas fez o inimaginável ao criar uma protagonista que pode ser considerada a anti heroína das ficções literárias.
Esse livro é simplesmente revolucionário ao mostrar a história de uma assassina que fora deixada para morrer na mina de Endovier no reino de Ardalan. Celaena Sardothien com apenas 18 anos tem uma fama invejável por todos assassinos ladrões e foras da lei do reino. Presa em uma armadilha ela cumpre um ano nas minas quando é inesperadamente levada à presença do príncipe Dorian que oferece uma proposta á ela: Sua liberdade em troca de participar, e vencer, de um concurso entre os conselheiros do rei, que apresentarão seus concorrentes á novo assassino real. Escrita com inteligência e habilidades invejáveis Celaena é de longe a melhor dentre todos os concorrentes e sabe usar tudo a seu favor para conseguir ser livre, ou tão livre quanto se pode ser no palácio servindo ao rei, que ela odeia, durante três anos se ela vencer. Mas não é só isso, em meio a tudo, um mistério abala a trama, um dos concorrentes aparece morto sem explicação e logo depois outro aparece... Celaena precisa além de vencer o concurso, se preocupar com sua vida e ainda lidar com o interesse de Dorian -o príncipe- e ás seções de treinamento com o bonito e impressionante capitão Westfall que parece a entender melhor que Dorien.
Trama impecável, extremamente ajustada ao tema proposto, Trono de Vidro surpreende ao lançar um enredo tão diferente do que a maioria dos livros publicados até agora. A autora sabe como fazer uma leitura de 400 páginas parecerem nada, passando voando e nos deixando com aquele gosto que quero mais. Se estiver procurando um livro que saia da mesmice com certeza Trono de Vidro irá superar suas expectativas.


Resenha: Camila V.
Share on Google Plus