Sense8: Netflix acertou em cheio na segunda temporada. Confira nossa critica.

SENSE8 volta para a sua segunda temporada mais f*da que nunca. 





Enquanto a 1º temporada demorou para engrenar e o especial de natal ter servido como puro fan service, a segunda temporada trouxe um ar mais cientifico para a série, que desta vez explora a origem dos sensates (chamados cientificamente de 'homo sensorium ou homo sensorial'), a temporada foca na história de Angelica e Jonas e suas conexões com a perigosa BPO (Biologic Preservation Organization).

A série começa com um questionamento 'Quem sou eu?'. Depois de fazer conexão visual com Sussurros, Will tenta localizar o vilão, enquanto o mesmo procura muito mais que isso. Tudo o que Sussurros deseja está ainda na superfície e essa temporada mostrou que tem muito o que explorar. Logo no primeiro episódio após as fotos de Lito e Hernando vazarem, os dois vão a uma Premiere e Lito percebe que sua carreira está praticamente chegando ao final. Os sensates começam a descobrir ainda mais sobre a BPO e como todos eles estão ligados a essa trama. Eis, que para a surpresa de todos, no meio da noite Sun é levada de sua cela por guardas, ao pedir ajuda do seu cluster, todos eles entram em uma situação de vida ou morte. Uma das melhores e mais dolorosas cenas dessa temporada, uma cena construída de uma maneira bela, pronta para envolver todos os espectadores. Ao final dessa cena temos Sun fugindo da prisão com ajuda do cluster e o reencontro de Sun com um personagem que já apareceu na primeira temporada. 



Wolfgang conhece Lila, uma outra sensate que aparece para complicar ainda mais a vida do cluster. Kala e Capheus se envolvem em protestos e percebem que estão ligados não só pelo fato de serem sensates, mais pela história. Pela politica. Ao investigar o desaparecimento de um antigo romance, Lito acaba descobrindo mais informações sobre o grupo sensate de Angelica. 

Os destaques dessa temporada por incrivel que pareça não são os sensates e sim os personagens secundarios, como Bug que traz um certo humor que a série precisava para não se tornar chata e maçante. Ele também encontra uma solução para livrar Nomi da policia, todos percebem que a vida deles está sendo baseada em fugas, então decidem parar de fugir. Nesse momento a caça vira o caçador. 



Um plano perfeito faz com que Riley conheça alguns novos sensates de outros grupos e eles tentam buscar o máximo de informações para lidar com a BPO, mas como nem tudo na série é sofrimento - Lito nessa temporada sofreu mais que a Riley, acreditem! - um dos maiores destaques dessa temporada foi a parada Gay de São Paulo, quem esteve na parada sabe que muitas cenas ficaram de fora, outras nem eram cenas, apenas os atores interagindo, porém o material ficou lindo e o discurso de Lito foi simplesmente belo. 

Diego volta para ajudar Will e Riley, Kala tem que lidar com os problemas de seu marido e Sun ao visitar seus pais no cemitério trava uma luta com um antigo inimigo, ou talvez, um antigo amor. As cenas nessa temporada são super bem elaboradas, a volta de um fantasma de Dani - grande destaque dessa temporada - as cenas de dupla entre Lito e Sun são uma perfeita obra de arte de tão geniais. E ao cair numa armadilha de Lila, Wolf e seu grupo de sensates travam uma incrível batalha em um restaurante. Kala é o grande destaque dessas cenas. 


E não podemos falar sobre discurso sem mencionar o magnifico discurso feito por Nomi no tão esperado casamento de sua irmã e logo depois uma cena de chorar sem parar quando a mesma é pedida em casamento. Enquanto Dani tenta reanimar Lito - que passa a temporada inteira deprimido por ter perdido seu emprego - um dos sensates sofre uma perda terrível. O discurso mais fraco da temporada infelizmente foi o do Capheus, mas como sempre os roteiristas souberam trabalhar muito bem o desenvolvimento do personagem e sua trama - sua nova namorada bissexual, sua mãe com um novo relacionamento e a forma como ele ingressou na politica concorrendo como presidente do Quênia - tudo muito bem preparado.



O final é bem corrido, para deixar a ação muito mais evidente, cheio de referencias. Ao tentar matar seu irmão, Sun no ultimo episodio leva o espectador ao delirio com uma cena de tiroteio e perseguição, digna de uma cena de cinema. 

Ao arrumar as malas para encontrar com Kala, Wolfgang é capturado pela BPO, com ajuda de Lila. Kala então corre para pedir ajuda ao cluster, avisando que Lila e Sussurros capturaram seu amor. Nessa temporada, são explorados os bloqueadores - pequenas pilulas que permitem que os sensates não se conectem - para salvar o Wolfgang, Will elabora um plano que precisa desses bloqueadores. Enquanto Wolfgang sofre com torturas, todos começam a sentir suas dores, porém agora vem a parte interessante - podemos perceber um avanço no tempo - então as cenas não se passam em sequencia, na verdade, demoram dias ou talvez semanas para o plano de Will ser desenvolvido e enquanto isso o Wolfgang continua sofrendo. Percebemos então que Will consegue achar a localização de Sussurros e com os bloqueadores o vilão fica sem opções. Enquanto isso Sun, Nomi, Amandita e Capheus lidam com outro problema no plano. Will, Riley, Lito e Kala tiram um saco preto da sede da BPO em londres. E dentro dele está Sussurros, possivelmente uma moeda de troca pelo Wolfgang que veremos na terceira temporada.  


Você quer uma guerra? Vamos te dar uma guerra. 
Share on Google Plus