Review: Game Of Thrones - The Queen's Justice (7x03)

Guerra é guerra, mas matar um homem em um casamento? Horrível. Que tipo de monstro faria uma coisa dessas? Como se os homens precisassem de mais motivos para temer o casamento.





Game Of Thrones lançou nesse domingo um dos episódios mais esperados da série, o terceiro episódio da sétima temporada não perde tempo e a cena inicial é de Jon sendo recepcionado por Tyrion em Dragonstone, os dois começam a lembrar do passado, após algumas apresentações, os convidados precisam entregar suas armas e o barco deles também é levado pelo seguidores de Dany. Tyrion pergunta de Sansa e o clima cômico e explica do seu casamento com a irmã de Jon, os nortenhos são surpreendidos pelos dragões voando. 

Tyrion diz: Eu poderia dizer que você se acostuma, mas não é a verdade. Venha! A mãe deles está esperando por você. 

A próxima cena é uma conversa entre Varys e a Melisandre, sobre os erros que eles cometeram e onde chegaram até essa parte do jogo, a dama de vermelho então revela que partirá para Volantis, mas que voltará para morrer em Westeros, assim como Varys. (Nunca torci tanto para o que ela tenha dito se torne verdade) 

O encontro mais esperado finalmente acontece e infelizmente decepciona, Jon Snow e Dany são envolvidos por uma conversa maçante, que nos leva de volta ao tempo, lembrando mais o passado que realmente se preocupando em trazer algo novo para o show. A conversa não vai muito bem, a rainha começa a achar que Jon está se rebelando contra ela, nesse momento eles são interrompidos por Varys que chega com novidades. (Péssimas para Daenerys e seus planos, para quem não lembra do episodio anterior, suas tropas foram destruidas e seus aliados foram derrotados e sequestrados) 

Theon é resgatado pelos aliados e conta o que houve com o restante da tripulação, enquanto isso em Porto Real, Euron desfila com suas prisioneiras. Euron entrega Ellaria e sua filha para Cersei, lhe dando a oportunidade de fazer justiça com as próprias mãos. O capitão da frota insiste em querer a mão de Cersei, mas ela recusa dizendo que ele só a terá após a guerra, caso eles vençam. 

Cersei amarra Ellaria e sua filha, e com um beijo mortal - o longo adeus / a longa despedida-, e foi assim que os espectadores de Game Of Thrones se despedem das personagens. Embora a série não mostre a morte de Ellaria, a atriz Indira Varma confirmou à EW que essa será sua última cena em Game of Thrones.

“David [Benioff] e Dan [D.B. Weiss, showrunners] me ligaram, mas eu já sabia que, nessa reta final, meu tempo em tela seria curto. Eu acho que foi muito esperto. Eles me mantiveram viva, pelo menos até onde o espectador sabe, mas não vou aparecer mais. Minha história acabou. Foi um jeito inteligente de mostrar e não mostrar ao mesmo tempo”, contou.



Outra cena muito interessante, foi a de Cersei transando com seu irmão Jaime - unica cena de nudez no domingo - ao acordar Cersei decide que não tem mais medo de mostrar ao seu reino que ela e seu irmão se amam, mas nem tudo são flores para a nova rainha, o banco de ferro vem cobrar suas dividas, porém como uma boa Lannister já deixa avisado: Os Lannisters sempre pagam suas dividas. 

Cersei é muito inteligente em seus argumentos para provar ao representante do banco que ela é a melhor aposta para essa guerra.

Tyrion e Jon tem uma conversa, Tyrion tenta convencer Daenerys que Jon está falando a verdade - mesmo não acreditando nele - Após uma conversa entre a mãe dos dragões e o bastardo, finalmente o rei do norte consegue atingir seu objetivo naquele lugar, Daenerys permite que Jon extraia o vidro de dragão para usar como arma. 


Sansa mostra como é uma boa lider e logo após receber conselhos do Mindinho (Sim, ele ainda está vivo) é surpreendida com um reencontro inesperado, com Bran Stark, ele conta para ela que é agora o Corvo de três olhos e ele mostra um pouco de sua habilidade para que ela acredite. 



Jorah é curado por Sam e como castigo Sam precisa reescrever pergaminhos antigos (Nesse caroço tem angu, é assim o ditado né?) 

Daenerys quer ir a guerra sozinha com seus dragões, mas é aconselhada por seus aliados, os imaculados enfrentam os Lannister no Rochedo  Casterly e mesmo vencendo a batalha percebem que tudo não passou de uma grande armadilha, pois o verdadeiro alvo era o Jardim de Cima é o castelo sede da Casa Tyrell, Jaime invade os aposentos de Lady Olenna, para decretar o seu fim, a rainha então percebendo que seu final será morrer envenenada, começa seu discurso, saindo vitoriosa até mesmo em seus últimos segundos de vida. 


A cena termina com um discurso marcante de Olenna. 

''- Eu odiaria morrer como seu filho. Agarrando meu pescoço, espumando bile pela boca, com os olhos vermelhos de sangue, pele roxa. Deve ter sido terrível para você. Como Guarda Real, como pai. Foi horrível o suficiente para mim. Uma cena chocante. Não era nada do que eu pretendia. Sabe, eu nunca tinha visto o veneno funcionar antes. Conte a Cersei. Quero que ela saiba que fui eu.''


Em um episódio incrivelmente desafiador e vidrante, Game Of Thrones nos entrega um show a parte. Ansiosos para o próximo episódio? 
Share on Google Plus

0 comentários: