Review: Game Of Thrones - The Spoils of War (7x04)

O CAOS É UMA ESCADA. 



O episódio começa com um dialogo entre Bronn e Jamie, que quer sua recompensa. Cersei negocia suas dividas. Jaime ao atacar Jardim de Cima tenta levar o ouro para Porto Real. 



Arya volta para Winterfell, onde ela reencontra Sansa e treina duelo com Brienne, o que faz com que ambas se impressionem com suas habilidades de luta. Bran, sem emoção, se despede de Meera, dizendo que ele não é mais o garoto que ela acompanhou pelo Norte. Mindinho entrega para Bran a adaga que foi usada para tentar assassiná-lo anteriormente. 






Cersei promete para o Banco de Ferro um retorno completo em seu investimento, já que uma parte do pagamento vindo de Jardim de Cima chegará em breve. Jon leva Daenerys para a mina de vidro de dragão, onde ele mostra antigas pinturas na caverna que retratam que os Primeiros Homens e os Filhos da Floresta uniram forças contra os mortos-vivos. 




Mais tarde, Daenerys descobre que o ataque de Rochedo Casterly foi uma armadilha Lannister, com Jardim de Cima sendo tomado pelos Lannister. Apesar das afirmações de Tyrion, ela decide agir. Com Daenerys montada em Drogon e com a cavalaria Dothraki, Jaime e Bronn são pegos de surpresa enquanto supervisionam o envio de ouro, e os Dothraki e o fogo de Drogon dizimam o exército Lannister. 



Drogon é ferido por uma lança de Bronn, que está controlando a balista escorpião, enquanto Jaime tenta atacar Daenerys. Drogon lança seu suspiro de fogo em Jaime, mas Bronn o atira em um rio, onde os dois afundam por causa de suas armaduras. Em um episódio épico - e digo, que talvez o melhor - Game Of Thrones demonstra todo seu poder em fazer um show excepcional. 



Share on Google Plus

0 comentários: