Resenha: Ilhados.



Autor: Lucas N Santana
Gênero: LGBTQ+ (Hot)
Publicação: Wattpad
Ano: 2018
 Capítulos: 35
Visualizações: 14,5K
 Votos: 2,4K
Classificação: 18

Dados atualizados 09/04/2018. 


Esta história pode conter representações gráficas de violência, sexualidade, linguagem 
forte e/ou outros temas adultos.





Nico levava sua vida monótona numa cidadezinha de uma ilha paradisíaca perdida nos trópicos, até que um velejador, atravessando o oceano e de passagem pela ilha por alguns dias, desperta em si sentimentos que não compreendia. O estrangeiro fará com que ele questione sua sexualidade, sua sanidade e suas crenças, ficando dividido entre o desejo e a culpa. Confuso naquela maré de sentimentos e ilhado em suas próprias inseguranças, Nico terá que enfrentar tabus, choques culturais, preconceitos e a grande diferença de idade entre eles para quebrar pudores e descobrir prazeres e liberdades que não existiam em sua vida até então... 

Ilhados é uma história emocionante sobre autoaceitação e conhecimento repleta de romantismo, erotismo e sensualidade.

Você gosta de livros HOT? Não? Isso porque você ainda não conheceu Ilhados! 
Se você já gosta do gênero irá amar ainda mais, o autor explora a sensualidade, as descobertas, a anatomia e os prazeres mais ocultos de seus personagens sem perder a coerência com a trama. 

Ilhados é um romance LGBT cheio de representatividade e camadas, o autor consegue desenvolver muito bem o casal principal ao mesmo tempo que vai moldando nas nossas mentes os personagens secundários, dando vida para cada um deles e os tornando ainda mais especiais. Sem dúvidas, a obra de Lucas N Santana é uma das que mais souberam trabalhar com personagens secundários e a diversidade deles, seus dramas, conflitos, etc. 

O cenário também é algo muito bem trabalhado pelo autor, ele nos transporta diretamente para a ilha onde vive Nico, sentimos as mesmas aflições do personagem principal, os mesmos desejos — bem, nem todos, mas vocês precisarão ler para entender — e tudo fica muito visível na mente dos leitores. 

Com um clima quente o livro foge de todos os clichês, surpreendendo a cada momento com diversas reviravoltas no enredo. Por estarem numa ilha, o leitor se sente mais próximo do personagem principal, isso por muitas vezes acaba sufocando, ler ilhados é como mergulhar em um dia quente e de repente começar a se afogar, a maioria dos capítulos são assim: muito prazer no começo, muita dor no final.

Cheio de referências o autor entrega um trabalho impecável, brincando com personagens famosos da mitologia grega até mesmo com seus próprios amigos e leitores. 

Dois grandes destaques do livro são a melhor amiga de Nico e seu par romântico, Arnaud, os dois o ajudam a entender sua orientação sexual e lidar com todos os conflitos e dilemas que isso implica em sua vida. 


O livro se mostra importante na atualidade por abordar o tema de forma clara e consciente, o autor sabe muito bem o que e como falar. Usando bastante metáforas, principalmente com a natureza e os sentimentos dos personagens, o escritor deixa no mundo sua marca registrada, os símbolos como as frutas, a sunga, a bicicleta e o navio dão um toque especial no desenvolvimento do romance. 

Ilhados já ganhou diversos prêmios, entre eles:  Vencedor do concurso Corações de Tinta na categoria LGBT , vencedor do Concurso Literário na categoria LGBT ,  vencedor do Concurso Nova Era na categoria LGBT, segundo lugar no Concurso Literário nas categorias Melhor Sinopse e Polêmica, segundo lugar no concurso Revelações do Wattpad na categoria LGBT, segundo lugar no concurso Palavras Entrelaçadas na categoria LGBT e terceiro lugar no concurso Rosas Douradas na categoria LGBT. 

Prêmios mais que merecidos para uma obra tão bem estruturada e repleta de sentimentos. 


Vale a pena conferir:



  


Share on Google Plus

0 comentários: